A Preservação Auditiva e o Verão

Época de reforçar os cuidados com os ouvidos ao praticar atividades aquáticas, água no ouvido pode causar infecções.

 

O acúmulo de água no conduto auditivo externo é favorável para a proliferação de bactérias e fungos que podem causar uma inflamação conhecida como otite externa ou ouvido de nadador. Quando o ouvido fica muito tempo em contato direto com a água, propicia a remoção da cera que o protege de contaminações.

 

A Audicare dá as dicas  para prevenir casos de otite externa, veja :


  • Seque muito bem a orelha com a toalha após o banho de piscina, mar ou chuveiro.
  • Não utilize o dedo, cotonete e outros objetos para limpar ou coçar o ouvido.
  • Caso perceba algum acúmulo de água tampando o ouvido, incline a cabeça para o lado obstruído e sacuda-a sutilmente. Se a água não sair, procure um médico otorrinolaringologista o mais breve possível.
  • Faça uso de tampões quando for nadar ou praticar outros esportes aquáticos

O tampão de natação veda completamente o conduto auditivo, bloqueando o contato com a água. Para maior eficácia deve ser feito sob medida. A linha Westone by Audicare, por exemplo, confecciona tampões personalizados, hipoalergênicos, com diferentes opções de cores, que flutuam na água para não perder na piscina.

Contudo, os tampões não devem ser utilizados para mergulhos profundos em decorrência do aumento da pressão.